Início Gerais Assembleia Legislativa: 24 vagas disputada palmo a palmo

Assembleia Legislativa: 24 vagas disputada palmo a palmo

Muitos candidatos estão surgindo como novidades

187
0
COMPARTILHAR

A mais recente amostragem de intenções de voto aferida em Mato Grosso do Sul pela Ranking Comunicação e Pesquisa acena para um cenário em que boa parte das 24 vagas da Assembleia Legislativa será disputada palmo a palmo por um considerável número de concorrentes, muitos surgindo como novidades e alguns tentando retornar ao território dos mandatos.

As probabilidades indicam no levantamento da Ranking blocos que se destacam por pontuações que servem para meir a distância de cada um às chances para conquistar um lugar no parlamento sulmatogrossense. O primeiro bloco que sobressai na pesquisa é o de quem está com as pontuações dentro das 24 mais altas ou mais próximas delas.

O primeiro lugar é do deputado estadual Cabo Almi (PT). Em busca de mais um mandato, ele chegou a 2,08%. As novidades começam a aparecer já a partir do segundo mais citado pelos eleitores, o advogado e professor Gerson Claro (PP), com 1,83%. Em seguida mais três interessados em estrear terno novo no Palácio Guaicurus, sede do Legislativo estadual: Léo Matos (1,75%), Neno Razuk (1,50%), Chiquinho Telles (1,33%). Sexto colocado, o deputado estadual Professor Rinaldo Modesto que se reelegeria com 1,25%.

A partir do sétimo lugar se alinham: Jamílson Name (1%); Augusto Cruz e Pedro Kemp (0,83% cada um); Álvaro Soares e Pastor Jeremias Flôres (0,75%); Márcio Fernandes (0,66%); José Carlos Barbosinha, Tetê Trad e Lídio Lopes (0,58%). O páreo inclui, na sequência, um bloco de cinco rivais que alcançaram 0,50%: Antonio João, Jorge Martinho, Onevan de Matos, Maurício Picarelli e Patrícia. O grupo de quem está a seguir, com 0,41%, tem seis candidatos: Antonio Néris, André Salineiro, Otaviano Cardoso, Felipe Orro, Londres Machado e Caio Augsto.

Para fechar o bloco intermediário, com 0,33% das intenções de voto estão na corrida: Antonio Vaz, Antonio Carlos Biffi, Bombeiro Quintana, Cidinha da Ótica, Coronel Isaías, Capitão Contar, Coronel David. Enfermeiro Fritz, Elenílton Dutra, Evandro Vendramini, Herculano Borges, Marcão Souza, Paulo Duarte e Delegado Wellington. E com 0,25% Amarildo Cruz, Lucas de Lima, Magalhães Megafone, Marçal Filho, Mara Caseiro, Dagmar, Evandro Fonseca, Iraci Sardinha e Renato Câmara.

Os votos dos indecisos, em branco ou nulos, somados, oferecem um total  de 62,88%, bastante significativo e indicador de possibilidades para vária candidaturas que ainda não atingiram seu melhor desempenho e podem evoluir à medida que os indecisos passarem a tomar posição. De 29 de agosto a três de setembro a Ranking ouviu 1.200 eleitores e eleitoras de 20 municípios. Com um intervalo de confiança em 95% e margem de erros de 2,83% para mais ou para menos, a consulta está registrada na Justiça Eleitoral com os números MS-320/2018 e BR 5921/2018.

A Ranking coletou os dados nos seguintes municípios; CAMPO GRANDE, SIDROLÂNDIA, MARACAJU, DOURADOS, PONTA PORÃ, AMAMBAÍ, CAARAPÓ, NAVIRAÍ, IVINHEMA, NOVA ANDRADINA, RIO BRILHANTE, CORUMBÁ, MIRANDA, AQUIDAUANA, ANASTÁCIO, SÃO GABRIEL DO OESTE, COXIM, PARANAÍBA, APARECIDA DO TABUADO e TRÊS LAGOAS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here